繁體中文 简体中文 Porpugues English 日本語

O Velho do Pólo Sul

Introdução

O Velho do Pólo Sul (em chinês: 南极 老人 ou japonês: 南极 老人) é a deificação taoísta da Canopus, a estrela mais brilhante da constelação de Carina. É o símbolo da felicidade e da longevidade. O banquete emitido pelo rei é uma prova. A haste do rei, também conhecido como o pau de pomba, porque a parte superior da cana é o da estátua de ave. O imperador apresentou vara de pomba para os idosos, diz-se por causa da rola não comer é que se desejam o bem-estar dos idosos em termos de dieta, saúde e longevidade. Outro exemplo é o pêssego que permite longevidade da vida ,oferecido pela rainha-mãe e que tinha frutasem cada três mil anos. Após o consumo imediatamente tornar-se imortal. Mudanças na cana mostra a função do enfraquecimento da doutrinação política. O símbolo original da tartaruga esculpida privilégio é substituída por uma bengala de mogno de dois gumes. Diz-se que mogno pode afastar as doenças e reforçar a saúde, bem como prolongar a vida.

A gente quando realizava uma festa de aniversário para os homens mais velhos, adorava-se o velho com barba branca; Se for uma velha, adorava-se a pintura de Magu. Por isso, há lenda de Magu como a velha. Na lenda de Deuses, Magu disse que já havia quinhento e tal anos é que não tinha visto Deus Wang Fangpin, atravês do qual se pode observar a sua vida longa. Também disse que já tinha visto três vezes o mar oriental tornar-se campo. Cada círculo precisa de dez mil anos. Assim se pode saber que ela tem vida tão longa que o céu e terra.

Magu não era estrelas do céu, mas se tornou deusa. Dizia-se que o lugar onde praticou era chamada de " Cave  Ma Chengshan Dan Xia Wan Ling ", 28ª caverna das 36 Cavernas do Taoísmo e o 10.º dos 72 lugares abençoados. O calígrafo da Dinastia Tang Jiangxi, escreveu o famoso "Magu Xian Tan Gi".

Página Principal>Deuses
O Velho do Pólo Sul

O Velho do Pólo Sul (em chinês: 南极 老人 ou japonês: 南极 老人) é a deificação taoísta da Canopus, a estrela mais brilhante da constelação de Carina. É o símbolo da felicidade e da longevidade. O banquete emitido pelo rei é uma prova. A haste do rei, também conhecido como o pau de pomba, porque a parte superior da cana é o da estátua de ave. O imperador apresentou vara de pomba para os idosos, diz-se por causa da rola não comer é que se desejam o bem-estar dos idosos em termos de dieta, saúde e longevidade. Outro exemplo é o pêssego que permite longevidade da vida ,oferecido pela rainha-mãe e que tinha frutasem cada três mil anos. Após o consumo imediatamente tornar-se imortal. Mudanças na cana mostra a função do enfraquecimento da doutrinação política. O símbolo original da tartaruga esculpida privilégio é substituída por uma bengala de mogno de dois gumes. Diz-se que mogno pode afastar as doenças e reforçar a saúde, bem como prolongar a vida.

A gente quando realizava uma festa de aniversário para os homens mais velhos, adorava-se o velho com barba branca; Se for uma velha, adorava-se a pintura de Magu. Por isso, há lenda de Magu como a velha. Na lenda de Deuses, Magu disse que já havia quinhento e tal anos é que não tinha visto Deus Wang Fangpin, atravês do qual se pode observar a sua vida longa. Também disse que já tinha visto três vezes o mar oriental tornar-se campo. Cada círculo precisa de dez mil anos. Assim se pode saber que ela tem vida tão longa que o céu e terra.

Magu não era estrelas do céu, mas se tornou deusa. Dizia-se que o lugar onde praticou era chamada de " Cave  Ma Chengshan Dan Xia Wan Ling ", 28ª caverna das 36 Cavernas do Taoísmo e o 10.º dos 72 lugares abençoados. O calígrafo da Dinastia Tang Jiangxi, escreveu o famoso "Magu Xian Tan Gi".